7 medidas para tornar seu consultório acessível fisicamente

Ter um consultório acessível é gesto diferenciado que eleva a qualidade de seu serviço. Promover a inclusão traduz respeito e, ao contrário do que parece, é bem simples.

Acessibilidade

Para oferecer acessibilidade em seu consultório lembre-se quem são as pessoas usuárias desse espaço, e entenda suas necessidades. Perceba a diversidade das pessoas com mobilidade reduzida, são idosos, pessoas com deficiência física (cadeirantes ou não), deficientes auditivos (totais ou parciais), deficientes visuais (cegos ou baixa visão) e deficientes mentais (de vários níveis). Assim, o espaço deve considerar essa multiplicidade. Confira abaixo 7 medidas que podem ser adotadas:

1 – Tenha sempre corrimões em escadas e rampas. E indique os desníveis com faixas sinalizadoras

2 – Crie rampas de acesso e deixe portas e corredores largas

3 – Se oferecer estacionamento, tenha pelo menos uma vaga acessível

Vaga-Deficiente

4 – Os sanitários devem também ser acessíveis

5 – Instale o piso tátil

Piso-Táti-2l

6 – Tenha placas indicativas bem destacadas (e se possível em Braille)

7 – Verifique se mobiliário da recepção é acessível.

Essas medidas são de fácil implementação e de grande resultado. Informe sua equipe sobre as pessoas com necessidades especiais e explique que atendê-las não é tarefa difícil. Com empatia e respeito você conquistará todos os tipos de paciente.

Para saber mais sobre Acessibilidade confira a Norma brasileira de acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos (ABNT NBR 9050)

Fonte: https://radiomemory.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *