Como iluminar seu escritório: 5 dicas indispensáveis

Você deve passar, no mínimo, 8 horas por dia no ambiente de trabalho. O escritório já virou seu segundo lar, e assim como em casa, o melhor a fazer é aproveitar a estadia.

escrit_bimbon07

Um dos detalhes mais importantes para fazer com que o ambiente seja aconchegante e agradável é a iluminação. A maneira como ela é projetada no escritório pode definir inclusive a sua produtividade.

Por isso, a Hometeka reuniu 5 aspectos importantes a serem considerados na hora da escolha da iluminação para seu ambiente de trabalho. Essas dicas também são úteis para designers de interiores e arquitetos, confira:

Iluminação difusa

content_escrit_bimbon08

Planeje a iluminação de acordo com a disposição dos funcionários e dos móveis dentro da sala. Uma dica é evitar trabalhar sob iluminação direta de lâmpadas no teto – a energia da luz muito incisiva pode gerar estresse, tensão, calor e atrapalhar o funcionário a desempenhar suas tarefas com calma e eficiência.

Ainda sob focos de luz, evite instalar uma iluminação de voltagem muito alta. Além de aquecer o ambiente, o reflexo da luz nos objetos e nos papéis gera um brilho incômodo à visão.

content_escrit_bimbon09

Como uma alternativa, você pode procurar modos de difundir a luz ambiente em todo o espaço. O objetivo é iluminar o ambiente de maneira uniforme, sem criar contrastes indevidos, brilhos exagerados ou sombras.

Para isso, uma boa dica é utilizar lâmpadas de LEDs. Podem ser lâmpadas frias, e por isso resultam em uma iluminação mais aberta e homogênea. No mercado, você encontra modelos diversificados. São lâmpadas com temperatura baixa, boa intensidade e extremamente econômicas.

content_escrit_bimbon01

Um cuidado importante que vai além da escolha das lâmpadas é a decisão da cor das paredes do espaço. Por se tratar de um ambiente corporativo, o mais adequado é fazer uso do branco ou de tons mais claros – isso porque refletem a luz com mais facilidade e assim dão sensação de claridade.

Posição

fotox3

É importante prestar atenção na posição da luz em relação aos móveis, funcionários e tarefas desempenhadas no ambiente. Por exemplo, se houver um foco de luz logo atrás de sua mesa enquanto você trabalha com o computador, isso provavelmente vai gerar um brilho irritante e incômodo no seu monitor. Se você desempenha tarefas usando a mão direita, o braço e a mão podem projetar sombras se a luz vier também do lado direito.

Portanto, tome cuidado na hora de escolher a posição dos focos de luz para que eles não sejam prejudiciais à produtividade do funcionário.

Uma saída para esse problema são as luminárias de mesa móveis e ajustáveis. É possível alterar a posição do objeto em cima da superfície, bem como da direção da lâmpada.

Foco de luz

content_escrit_bimbon15

Para o trabalho de computador, arquivos, gavetas importantes e tarefas intensivas é importante que você tenha uma fonte de luz bem definida e que se dirija diretamente ao que você está fazendo.

Os spots com LED são uma boa opção se a ideia é instalar a luz no teto. Essas pequenas peças direcionam o foco da luz, podem variar a temperatura do branco – nesse caso, lembre-se de optar pelo branco frio – além de serem muito econômicas.

content_escrit_bimbon17

Se a ideia for obter um foco mais próximo à atividade, as luminárias de mesa também podem ser uma solução, já que são ajustáveis e articuladas.

Mas lembre-se de optar por uma lâmpada que não possua alta temperatura – com o foco de luz perto da atividade, o calor sentido pode ser ainda maior.

Luz natural

content_escrit_bimbon11

O cuidado com o projeto da iluminação do escritório é fundamental, mas não dispense algo que está fora do planejamento: a luz natural.

A luz do dia vinda de janelas ou portas abertas melhora a circulação de ar em todo o espaço e permite que a sala fique em temperatura ambiente. Além desses benefícios, essa é uma medida econômica e sustentável. Nesse caso, O ideal é instalar um sistema de iluminação que equilibre a luz natural e a artificial dentro do escritório.

Iluminação decorativa

content_escrit_bimbon16

Não se atenha apenas à iluminação funcional no ambiente corporativo – a decorativa também tem seu lugar. Ela valoriza a estética do ambiente como um todo – e convenhamos: trabalhar em um ambiente visualmente agradável nos motiva mais a desempenhar nossas tarefas com eficiência.

Aposte em spots direcionados para objetos de decoração, diplomas emoldurados na parede ou quadros espalhados pela sala. Deixe seu ambiente funcional com bom gosto.

Fonte: https://www.hometeka.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *